(62) 3626-6872
Home     Notícias
PREFEITO ELEITO

Saúde e empregos, as prioridades de Nélio Pontes em São Miguel

O tucano espera que as contas da prefeitura estejam saneadas e com suas dívidas em dia. Ele agradece o apoio de Marconi


Publicado em 07 Novembro 2016

Pedro Gomes

|   Compartilhe esta página:    

Divulgação
Nélio Pontes (PSDB) é o prefeito eleito de São Miguel do Araguaia
Nélio Pontes (PSDB) é o prefeito eleito de São Miguel do Araguaia

A saúde e a geração de empregos deverão ser prioridades para a administração pública a partir do dia 1º de janeiro de 2017. Foi o que afirmou o prefeito eleito em São Miguel do Araguaia, o médico Nélio Pontes da Cunha (PSDB) em entrevista ao Diário do Norte. Nélio, que venceu as eleições com 42,24% dos votos válidos, disse ainda que a vitória nas urnas foi o resultado do esforço conjunto dos partidos e pessoas que integraram a Coligação "Progresso e Renovação" composta por sete partidos: PSDB, PP, PROS, PSD, PC do B, PTN e PRTB.
Nélio Pontes explicou que apesar das ofensivas recebidas dos adversários políticos, ele fez uma campanha limpa e sem agressões, tendo como objetivo levar à comunidade propostas sérias que pudessem ser executadas e assim proporcionar as melhorias de vida necessárias à população. O prefeito eleito disse que a comunidade entendeu que ele tinha o melhor projeto para o município e a resposta veio por meio de uma vantagem expressiva. Numa disputa com mais três candidatos, ele teve 5.956 votos válidos contra 3.833 da segunda colocada e atual prefeita, Adailza Crepaldi, uma diferença de 2.123 votos.
O prefeito eleito falou que a campanha teve apoios fundamentais, como do governador Marconi Perillo e do vice-governador José Eliton; de secretários do Governo; deputados estaduais e federais e ainda contou com o reforço de quatro vereadores da atual gestão. Outra peça determinante na vitória do grupo, conforme afirmou Dr. Nélio Pontes, foi a escolha da vice-prefeita na chapa, a ex-vereadora Azaíde Donizetti Borges, uma mulher muito atuante e que já tem muitos serviços prestados à sociedade, principalmente na área social, sendo considerada a mãe do povo. Por todo este conjunto consolidado de apoiadores, Nélio Pontes disse que tinha certeza da vitória e que obteria aproximadamente 43% dos votos do eleitorado.
O prefeito eleito disse que desde que se formou na medicina, há 26 anos, ele tem dedicado a sua vida a serviço da comunidade e por isso considera o resultado positivo também como reconhecimento do povo ao seu trabalho, uma vitória da democracia.
Nélio Pontes falou também sobre a situação financeira do município e disse que espera receber a prefeitura sem dívidas, porém ressaltou débitos significativos, em torno de R$ 10 milhões, que precisam ser liquidados pela atual gestão, entre eles: R$ 4 milhões com a Celg, R$ 3 milhões com o Fundo de Previdência Social do município e R$ 2 milhões da negociação da Fazenda Piratininga, que teriam sido usados irregularmente, além de dívidas com fornecedores e prestadores de serviços.
"Esperamos receber as contas do município com liquidez, pois a nossa prioridade no governo será primeiramente a saúde e queremos lutar também por ações que possam garantir a geração de empregos e renda no nosso município para a comunidade, buscar recursos para melhorar a infraestrutura da cidade, asfaltar e conservar as ruas, deixando-as em boas condições e manter a cidade limpa e ainda queremos construir casas populares para as famílias. Conversei com o governador Marconi Perillo e disse a ele que iremos trabalhar com apenas cinco ou seis secretarias, isso para reduzirmos os gastos e assim manter os servidores empregados sem comprometer o orçamento" explicou o prefeito eleito Nélio Pontes.
O prefeito afirmou ainda que pretende realizar uma política de incentivo com a finalidade de atrair novas empresas para o município. Sobre a reativação do frigorífico de São Miguel, Nélio Pontes comentou que no princípio este assunto não estava nos planos dele, porém já está avaliando a possiblidade de renegociação das dívidas com os investidores no sentido de recolocar a empresa em atividade, entretanto deixou claro que ainda não se pode criar muitas expectativas em relação a esta demanda.

 Rua T-30, 1.310, esquina com rua T-49, Setor Bueno, Goiânia - Goiás


© 2018 - Jornal Diário do Norte
Produção