(62) 3626-6872
Home     Notícias
SAÚDE

SAMU realiza simulação em curso de socorristas

Quem assistiu a encenação se assustou com o grau de ?realidade? imposto na apresentação


Publicado em 04 Dezembro 2017

Pedro Gomes

|   Compartilhe esta página:    

Pedro Gomes
Socorristas e figurantes simulam um acidente de grandes proporções
Socorristas e figurantes simulam um acidente de grandes proporções

Asimulação de um acidente grave que supostamente teria ocorrido na BR-153 marcou no fim da tarde de sexta-feira (1º) a finalização do Curso de Atendimento Pré-Hospitalar Móvel oferecido aos socorristas (enfermeiros, condutores, telefonistas e médicos) do SAMU - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência que trabalham em cinco das seis bases descentralizadas da região e que correspondem à área de atuação da Central de Regulação Norte/Serra da Mesa. A cena trágica foi reproduzida na Praça do Sindicato Rural, à margem da Lagoa Grande.
Participaram do treinamento e aprimoramento de técnicas socorristas denominado: Método Start, que compõem o XII Módulo de Curso de Capacitação para Servidores do SAMU, profissionais de Porangatu, Niquelândia, Minaçu, São Miguel do Araguaia e Mara Rosa. Os certificados foram entregues também na sexta-feira, à noite no auditório do Centro Cultural de Porangatu.
O curso que foi aplicado em um período de 10 meses teve a finalidade de reciclagem dos servidores da regional, abordando as assistências e emergências clínicas e traumáticas e por fim o método START - Simple Triage And Rapid Treatment, que em português significa Triagem Simples e Tratamento Rápido, criado em 1983 na Califórnia - EUA - Estados Unidos da América e tem como objetivo principal atribuir prioridades de atendimento a feridos de Acidentes de Múltiplas Vítimas de forma fácil e rápida, onde os profissionais fazem uso das cores Vermelha, Amarela, Verde e Preta para indicar o estado das pessoas vitimadas. As aulas aplicadas durante encontros mensais aconteceram em Porangatu no auditório da Câmara Municipal, nas dependências do Senac e do Itego.
A Simulação Realística sobre o Método Start envolveu mais de 100 pessoas. Alunos do Senac, Itego e da FNG - Faculdade do Norte Goiano atuaram como vítimas do acidente e como maquiadores. Equipes do 11º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Porangatu também participaram do resgate simulado. O treinamento pareceu tão real que muitos moradores acreditaram se tratar de uma tragédia e chegaram ao local assustados em busca de informações do que poderia ter acontecido.
De acordo com o diretor administrativo do SAMU, Kleber Ferreira, 77 profissionais participaram do curso, sendo nove médicos, 28 condutores socorristas, 24 técnicos em enfermagem, 12 enfermeiros e quatro TARM - Técnico Auxiliar de Regulação Médica. 

Galeria de Imagens

 

 Rua T-30, 1.310, esquina com rua T-49, Setor Bueno, Goiânia - Goiás


© 2017 - Jornal Diário do Norte
Produção