(62) 3626-6872
Home     Notícias
EM PORANGATU

Pesca esportiva na Lagoa Grande vira caso de Polícia


Publicado em 13 Novembro 2016

Pedro Gomes

|   Compartilhe esta página:    

Pedro Gomes
Pirarucu de quase dois metros foi capturado e acabou morrendo
Pirarucu de quase dois metros foi capturado e acabou morrendo

Um campeonato de pesca esportiva realizado no domingo (6) por populares de Porangatu entrou para a lista de possíveis crimes ambientais investigados pela Polícia Civil. De acordo com o BO - Boletim de Ocorrência Policial registrado na unidade, durante a pesca esportiva, um dos competidores teria pescado um pirarucu que mediu 1 metro e 85 centímetros de comprimento. O peixe foi encontrado morto no lago um dia depois da competição. O campeonato pesqueiro foi realizado em plena época da piracema, chamado de "Período de Defeso" quando os peixes da região se encontram em fase de procriação.
As investigações estão sendo comandadas pelo delegado municipal Mário Moraes. Em entrevista ao Diário do Norte, o delegado regional André Medeiros adiantou que a Polícia Civil já detém a posse de imagens do pescador que pegou o pirarucu e de um grupo de pelo menos quatro pessoas fazendo poses para fotografias e gravações de vídeos com o peixe. O delegado explicou que as pessoas identificadas nas imagens deverão ser chamadas para prestar depoimentos.
Ainda conforme afirmou o delegado André, caso sejam confirmadas as denúncias citadas nas investigações, os infratores poderão ser indiciados de acordo com o artigo 34 da Lei 9605 de 12 de fevereiro de 1998, do Código Ambiental Brasileiro: Pescar em período no qual a pesca seja proibida ou em lugares interditados por órgão competente, cuja pena varia de 1 a 3 anos de detenção, e ou multa, podendo ainda as punições serem aplicadas de forma cumulativas.
O delegado Mário Moraes disse que foi informado de que o campeonato de pesca esportiva era realizado há vários anos, porém ele não tinha conhecimento da existência do evento. O titular da delegacia deixou claro que irá investigar se a competição tinha autorização dos órgãos competentes para acontecer (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Secima - Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos).
 

 Rua T-30, 1.310, esquina com rua T-49, Setor Bueno, Goiânia - Goiás


© 2018 - Jornal Diário do Norte
Produção