(62) 3626-6872
Home     Notícias
GOIANÉSIA

Marconi pede Jalles à reeleição

Governador diz que prefeito é nome forte à sucessão na cidade. Wilder lança Marconi para presidente em 2018


Publicado em 05 Junho 2016

Pedro Gomes

|   Compartilhe esta página:    

Pedro Gomes
Marconi Perillo desafiou Jalles a aceitar a proposta de disputar mais uma vez a Prefeitura de Goianésia
Marconi Perillo desafiou Jalles a aceitar a proposta de disputar mais uma vez a Prefeitura de Goianésia

O governador Marconi Perillo participou do Encontro Regional dos Partidos da Base Aliada realizado no sábado (4) no Plenário da Câmara Municipal de Goianésia. A reunião contou com a participação do senador Wilder Morais (PP), do presidente da Assembleia Legislativa, Helio de Sousa; dos deputados estaduais Júlio da Retífica e Nédio Leite, do prefeito de Goianésia, Jalles Fontoura de Siqueira; do ex-prefeito Otávio Lage Siqueira Filho, o Otavinho; e do presidente da Câmara Municipal, Valdomiro Monteiro Cirilo, o Baiano, e outros vereadores da cidade, além de muitos prefeitos da região e de lideranças políticas.
Pré-candidatos a prefeito e a vereador dos diversos partidos que pertencem à base de sustentação do governo do Estado de várias cidades, também participaram do encontro. O evento foi prestigiado ainda pelos prefeitos Iran do Lago (Colinas do Sul), Edimar Bananeiro (Santa Rita do Novo Destino), Levino de Souza Silva (Santa Isabel), Waldilei Lemos (Vila Propício), Francisco de Moura Teixeira Filho, o Claudiênio (Padre Bernardo), Geraldo Martins (Barro Alto), Ziquinho (São Patrício) e Janduhy Diniz (Rialma).
No encontro, o deputado Júlio da Retífica ressaltou o trabalho de união que a base de apoio ao governador do Estado desenvolve em todos os municípios goianos, orientou a coalizão de lideranças entorno de um único nome forte nas cidades e alertou os pré-candidatos a observarem com atenção as novas regras da Legislação Eleitoral.
Presidente Estadual do PSDB, Afrêni Gonçalves, disse que o PSDB conta atualmente com 17 partidos na base de apoio e o objetivo do grupo é eleger o maior número possível de prefeitos nestas eleições.  
O senador Wilder Morais comentou o livro dele e voltou a falar das mudanças eleitorais e dos riscos dos candidatos sofrerem com a abertura de processos na justiça por descumprimento das Leis. No seu discurso, o senador do PP disse que Marconi tem o perfil para ser candidato à presidência da República em 2018. Ele lançou o nome do governador para estas eleições e pediu ao prefeito Jalles Fontoura que dispute a reeleição em Goianésia. 
 Já o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Helio de Sousa falou da satisfação que sentia ao poder participar do encontro em Goianésia. Ele citou os colegas de bancada Júlio da Retífica e Nédio Leite e os chamou de defensores do governo e depois convidou a mulher dele Maria Célia, com a qual está casado há 42 anos, e fez uma comparação entre o relacionamento conjugal e as alianças celebradas entre os correligionários, explicando que a união e o comprometimento de cada integrante do grupo serão de suma importância nas eleições deste ano.
O governador Marconi Perillo foi homenageado pela equipe da Deam - Delegacia da Mulher de Goianésia, recebeu uma camiseta de presente das mãos da delegada Poliana. Ele agradeceu a hospitalidade do prefeito Jalles Fontoura, o qual chamou de amigo leal e comentou o apoio recebido do senador Wilder Morais junto ao Governo Federal e dos parlamentares. Ele falou dos altos índices de desemprego e da importância da educação como fator transformador da sociedade. 
Marconi disse que o Estado de Goiás não foi tão atingido pela crise porque o governo trabalhou de forma preventiva e se preparou para o embate. Ele comentou também a crise política nacional, disse que a posse do presidente interino Michel Temer trouxe certo equilíbrio na situação. Afirmou que o PIB brasileiro já deu sinais de reação devido às mudanças e elogiou a escolha do goiano Henrique Meirelles para o Ministério da Fazenda. Ao finalizar suas palavras, ele desafiou o prefeito Jalles a aceitar a proposta de disputar mais uma vez a Prefeitura de Goianésia afirmando que esta será a melhor escolha do grupo.
O prefeito Jalles disse que o grupo político do qual ele participa conta atualmente com cerca de 15 partidos e explicou que a decisão sobre quem irá disputar a eleição de prefeito deverá ser tomada com base no diálogo. Ele ressaltou que a cidade precisa manter o ritmo do desenvolvimento e demonstrou otimismo em relação à retomada do crescimento da economia. Jalles explicou que devido à redução do período de campanha, o trabalho político deverá ser intensificado no período da pré-campanha. Para ele, até o dia 20 de julho será o tempo de plantar e os 45 dias da campanha oficial será época de colheita.

Galeria de Imagens

 

 Rua T-30, 1.310, esquina com rua T-49, Setor Bueno, Goiânia - Goiás


© 2018 - Jornal Diário do Norte
Produção