(62) 3626-6872
Home     Notícias
SANEAMENTO

Marconi nega privatização

Governador Marconi faz entrega de 351 novas máquinas e mais veículos e nega que tenha pretensões de privatizar a Saneago durante o seu governo


Publicado em 08 Outubro 2017

|   Compartilhe esta página:    

Marco Monteiro
Marconi Perillo durante entrega de 34 retroescavadeiras para melhorar os serviços prestados pela Saneago
Marconi Perillo durante entrega de 34 retroescavadeiras para melhorar os serviços prestados pela Saneago

O governador Marconi Perillo entregou 351 máquinas e veículos novos para que a Saneago melhore ainda mais seu atendimento à população na capital e no interior. A solenidade foi realizada na quinta-feira (5), na Estação de Tratamento de Água Jaime Câmara, no Setor Negrão de Lima, em Goiânia.
Marconi disse que nos últimos 15 dias a Saneago viveu dois grandes eventos, que marcam a vida da empresa no médio e longo prazos: a recente "inauguração do Sistema Produtor Mauro Borges", e agora a entrega dessas máquinas e equipamentos, "que demonstram nosso compromisso com a maior empresa pública de Goiás, em favor dos goianos".
O Tesouro Estadual conseguiu uma economia de 16% na aquisição dos veículos em relação ao preço de mercado. Recentemente, destinamos R$ 100 milhões de recursos da privatização da Celg para a Saneago, empresa da qual o governo é o sócio majoritário", enfatizou Marconi.
Ao rememorar seus quatro governos à frente do Estado de Goiás, disse que em 1998 a Saneago tinha "menos de 12 estações de tratamento de esgoto. Hoje são quase 100 estações. Nós mais que dobramos a quilometragem de rede de esgoto em Goiás. Nós mais que dobramos o número de pessoas atendidas".
 Segundo o governador, durante seus quatro mandatos à frente do Executivo Estadual, ouviu-se, sempre, a retórica de que o "Marconi Perillo iria privatizar a empresa de saneamento do Estado". Os últimos investimentos, como o do Sistema Produtor Mauro Borges, que recebeu aporte de quase R$ 1 bilhão, "demonstram o contrário, que essa empresa é estratégica para o Estado de Goiás. Nos últimos anos nós mais que dobramos o número de pessoas atendidas com coleta e tratamento de esgoto, por exemplo".
O maquinário entregue é composto por 34 retroescavadeiras e 317 carros que vão aperfeiçoar a prestação de serviços de saneamento na capital e no interior. Os municípios com maior número de clientes da Saneago vão receber 34 retroescavadeiras, fabricadas este ano, 4x4, com cabine e ar-condicionado. "Nós estamos mostrando mais uma vez que a Saneago é uma empresa de ponta. A Saneago é uma empresa transparente, inovadora, que valoriza seus clientes e os seus funcionários", disse o diretor de Produção Saneago, Marco Túlio.
A empresa possui, atualmente, um total de 487 carros alugados. Dessa frota, 317 serão substituídos por novos, do mesmo modelo, mas de ano de fabricação 2017. Com a revisão nos valores, a troca representará uma economia, na locação, de R$ 4 milhões por ano. "Em breve, até o final deste ano, nós vamos entregar outros equipamentos para completar a estrutura e prestarmos serviços com excelência. Força é para a máquina. O homem tem que usar a cabeça. Tem que usar a experiência, a técnica", declarou o presi dente da Saneago, Jalles Fontoura. Ele garantiu que a Saneago, funcionando bem como está, "é a garantia da universalização da oferta de água tratada".
A aquisição dos equipamentos ocorreu após estudos técnicos identificarem redução de custos em longo prazo, melhores condições de trabalho e otimização na prestação de serviços de saneamento básico à população. O titular da Secima, Vilmar Rocha, cumprimentou os funcionários da Saneago e salientou que eles "sentem orgulho em trabalhar na empresa. Isso é bom porque assim a empresa vai pra frente e o cliente final é beneficiado".

Galeria de Imagens

 

 Rua T-30, 1.310, esquina com rua T-49, Setor Bueno, Goiânia - Goiás


© 2017 - Jornal Diário do Norte
Produção