(62) 3626-6872
Home     Notícias
EM 2017

Lúcia destinou mais de R$ 2,5 mi para o Norte


Publicado em 05 Fevereiro 2018

|   Compartilhe esta página:    

No exercício de 2017, a senadora Lúcia Vânia (PSB) conseguiu viabilizar R$ 2.585.472,66 para municípios da Região Norte de Goiás. Ainda no mesmo ano, a intervenção da parlamentar também foi decisiva para a liberação de recurso destinado a Crixás, que estava bloqueado no Ministério das Cidades.
Para Campinorte foram empenhados R$ 280.280,00 do Ministério da Agricultura, fruto de emenda de bancada, para aquisição de um trator 4x4 com implementos.
Um ônibus grande com custo de R$ 260 mil vai servir ao transporte escolar no município de Crixás. Recurso do MEC.
Em Mara Rosa, a interlocução de Lúcia Vânia no Ministério da Saúde garantirá a implantação de dois gabinetes odontológicos no valor de R$ 50 mil.
Mutunópolis também foi uma das cidades diretamente beneficiadas pelo trabalho da senadora. No ano passado, o empenho de R$ 487,5 mil oriundos do Ministério do Turismo atenderá à infraestrutura turística do Parque Recanto dos Mutuns.
Niquelândia foi contemplada com R$ 400 mil garantidos pela interlocução da senadora Lúcia Vânia junto ao Ministério da Saúde, que serão empregados na compra de equipamento e materiais permanentes para o atendimento de pacientes do município. Para lá, há ainda uma retroescavadeira no valor de R$ 189.533,33, cuja aquisição foi possível com recursos do Ministério da Agricultura derivados de emenda de bancada, e dois ônibus no valor de R$ 375.260,00, via Ministério da Educação.
O trabalho de Lúcia Vânia em 2017 também beneficiou a população de Porangatu, que contará com a ampliação de hospital da cidade graças a recurso do Ministério da Saúde de R$ 353.366,00.
Uruaçu receberá recursos para compra de uma retroescavadeira. São R$ 189.533,33 obtidos por emenda de bancada junto ao Ministério da Agricultura.
“A economia do Norte Goiano é estratégica para o crescimento do Estado. É por isso que precisamos investir no desenvolvimento da região e na qualidade de vida das pessoas que vivem lá”, observa a senadora, que em 2017 também atuou no processo que levou à caducidade do contrato com a empresa responsável pela BR-153, por descumprimento das cláusulas, uma decisão inédita no país. O Dnit assumiu a administração do trecho da rodovia, entre Anápolis e Aliança do Tocantis (TO) e está fazendo os serviços de manutenção, como roçagem, tapa-buracos e sinalização, até que novo leilão seja feito. Quarta maior rodovia do país, a BR-153 foi criado nos anos 1950 e foi responsável pela criação de 58 municípios e povoados. A empresa que perdeu o direito sobre o trecho não realizou a duplicação prevista, o que acarreta prejuízos econômicos para o Centro e Norte do País.

 Rua T-30, 1.310, esquina com rua T-49, Setor Bueno, Goiânia - Goiás


© 2018 - Jornal Diário do Norte
Produção