(62) 3626-6872
Home     Notícias
NIQUELÂNDIA

Legislatura inicia trabalhos

Durante a primeira sessão da atual legislatura, prefeito Valdeto fez uma espécie de balanço. Vereadores prometem ajudar a tirar prefeitura da crise


Publicado em 13 Fevereiro 2017

Pedro Gomes

|   Compartilhe esta página:    

Os vereadores de Niquelândia, sob o comando do presidente Leonardo Ferreira Rocha, conhecido popularmente como Léo Ferreira (PSB), retomaram na segunda-feira (6), as sessões ordinárias do Exercício Legislativo (2017/2020).  Participaram da reunião realizada no Plenário Saulo Rodrigues da Silva, os vereadores Jesus Ferreira França; Edna Cardoso Maia Camargo; Irismar Ribeiro Gonçalves Rincón; Adélio Antônio de Brito; Jonas Batista Barbosa; Visconde Vieira de Castro; Reginaldo da Silva Rocha Vidal; Eduardo Pereira Salgado; Saullo Nogueira Taveir Adorno; Valnei Rodrigues Rosa e Agnaldo Batista Rocha. Também prestigiaram a primeira sessão da atual legislatura, o prefeito Valdeto Ferreira Rodrigues (PSB), o vice-prefeito Celino Correa e o juiz diretor da comarca local, Jesus Rodrigues Camargo.
Durante a sessão, o prefeito Valdeto que foi um dos primeiros oradores da noite, apresentou um levantamento preocupante, que contém catalogadas em relatórios os valores das dívidas da Prefeitura de Niquelândia que ultrapassam a cifra de R$ 226 milhões. Os dados, de acordo com a atual administração, foram repassados pela equipe de transição do governo anterior. 
São dívidas que incluem pendências financeiras com folha dos servidores municipais que ultrapassa os 11 milhões, débitos com PASEP, Saneago, FGTS e precatórios, além de outros compromissos que não foram honrados pela prefeitura incluindo uma dívida gigantesca com o INSS - Instituto Nacional de Previdência Social de valor superior a R$ 173 milhões.
Para resolver esse problema, Valdeto reduziu o número de secretarias, de 24 para apenas 8. Valdeto falou das atitudes que ele está tomando para manter o funcionamento dos órgãos públicos e disse que pretende trabalhar com transparência, mas lamentou que o município que tem 281 anos de emancipação política seja dono de uma dívida tão alta.
Os vereadores, inclusive alguns que disputaram a política em outros palanques, também demonstraram sensibilidade com a situação econômica do município e prometeram apoio ao prefeito Valdeto. O presidente Léo Ferreira disse que a administração do município terá na Câmara Municipal, nesta gestão, verdadeiros parceiros e não opositores. Ele declarou que acredita no projeto político de Valdeto e tem certeza que ele irá conseguir restaurar a economia, o crescimento e o prestígio de Niquelândia.
Finalizando a sessão, o juiz Jesus Camargo fez uso das diretrizes estabelecidas pela Constituição Brasileira e aproveitou o momento para fazer um apelo à comunidade, pediu para que cada um possa cumprir a sua parte de cidadão observando seus direitos e deveres e assim, juntos, tentar construir um futuro melhor para deixar de herança às futuras gerações do município. 

 Rua T-30, 1.310, esquina com rua T-49, Setor Bueno, Goiânia - Goiás


© 2018 - Jornal Diário do Norte
Produção