(62) 3626-6872
Home     Notícias
NA 11ª POSIÇÃO

Bonópolis entre as cidades mais transparentes

A informação é do Ministério Público Federal. Bete comemora


Publicado em 12 Junho 2016

Pedro Gomes 

|   Compartilhe esta página:    

Pedro Gomes
Prefeita Bete diz que prefeitura mostra todos os seus atos ao povo
Prefeita Bete diz que prefeitura mostra todos os seus atos ao povo

Os municípios de São Luiz do Norte e Bonópolis lideram uma lista de cidades da Região Norte divulgada neste ano pelo MPF - Ministério Público Federal, sobre responsabilidade e transparência dos governos municipais, o "Índice Nacional de Transparência". Na classificação geral do Estado de Goiás liderada por Anápolis, seguida de Jataí e Chapadão do Céu, São Luiz aparece em 7º lugar e Bonópolis em 11º, pontuação que foi muito comemorada pela prefeita Cristina Beatriz Rodrigues Oliveira Moura, a Bete do Edilberto (PSDB).
Entre os quesitos utilizados na avaliação, a pesquisa do MPF levou em consideração a disponibilização de informações a respeito do município na internet; o emprego de ferramentas que possibilitem as pesquisas de conteúdo; o acesso a dados referentes a receitas do semestre, incluindo natureza, valor de previsão e valor arrecadado; apresentação de despesas dos últimos seis meses; valores de empenho, arrecadação e nome do favorecido, bem como a quantia paga; publicação de editais de licitação, resultados e contratos públicos na íntegra e outra questão fundamental, conforme dados da Secretaria de Administração, atualmente Bonópolis compromete 45% da receita com a folha de pagamento dos servidores efetivos, comissionados, agentes e gestores. Já incluindo o duodécimo da Câmara Municipal, os valores atingem índice de 51%.
De acordo com a prefeita Bete, a boa classificação do município na avaliação do MPF está relacionada ao trabalho de responsabilidade que o município tem com o dinheiro público, mantendo sempre cuidado com as questões de transparência onde uma equipe muito competente mantém os dados atualizados no site do município. A prefeita disse ainda que os projetos desenvolvidos em Bonópolis são realizados de forma abrangente, os recursos são aplicados devidamente obedecendo a legislação e, em muito casos, os valores destinados e índices estão acima do recomendado pelos órgãos reguladores.
"Alcançar esta avaliação é motivo de orgulho. Aplicamos mais de 25% na Educação e acima de 15% na Saúde. Temos a consciência de que esses investimentos vão resultar em melhores condições de vida para a população da nossa cidade, e os resultados têm sido alcançados. Sei que tudo isto não é mérito de uma pessoa só, mas das equipes que temos em cada uma de nossas secretarias", disse Bete.
Nas informações repassadas, no primeiro quadrimestre deste ano foram aplicados 17,50% na Saúde, onde o mínimo exigido é 15%; na Educação foram 37,09. O mínimo estabelecido é 25% e em relação aos números do Fundeb foram aplicados 94%. O mínimo é 60%.

Galeria de Imagens

 

 Rua T-30, 1.310, esquina com rua T-49, Setor Bueno, Goiânia - Goiás


© 2018 - Jornal Diário do Norte
Produção